Talles Barreto realiza audiência pública com trabalhadores de empresas beneficiadas pelos Incentivos Fiscais

Representantes de mais de 20 sindicatos e federações de trabalhadores participaram da audiência pública

O deputado estadual (PSDB) Talles Barreto realizou Audiência Pública no Auditório Solon Amaral na Assembleia Legislativa em defesa do emprego em Goiás com trabalhadores de empresas que foram beneficiadas pelos Incentivos Fiscais e representantes de entidades sindicais do segmento. O parlamentar vem se destacando no Legislativo goiano por defender a geração de empregos.

Durante a audiência, em nome dos trabalhadores, empresários e investidores o presidente da Federação da Indústria e Comércio do Estado de Goiás (Fieg), Sandro Mabel alertou o grupo sobre as consequências que o fim dos Incentivos Fiscais podem trazer para Goiás, entre elas a insegurança jurídica gerada no meio empresarial e a saída de empresas. “Goiás sempre foi visto como um lugar juridicamente seguro. À medida em que estamos perdendo competitividade, criamos mais dificuldades. Goiás tem sido desenhado, atualmente, como um estado que não conta com segurança jurídica. Temos que colocar um basta nisso ou teremos a maior desindustrialização que esse estado já viu”, pontuou.

Representante do Sindicato dos Metarlúgicos, Carlos Albino, pleiteou o encerramento da CPI que investiga a concessão dos incentivos fiscais, pois de acordo com ele as notícias negativas sobre o assunto impede que novas empresas se instalem no Estado. Representando o sindicato dos trabalhadores da Mitsubishi de Catalão, Rodrigo Alves, o Rodrigão, fez duras críticas às medidas adotadas pelo atual governo a respeito dos incentivos fiscais e considerou que “nenhuma empresa virá para Goiás enquanto este governo estiver aí”.

Ao final dos trabalhos, Talles Barreto, defendeu o trabalho da CPI das críticas realizadas pelos trabalhadores e empresários alegando confusão sobre a real atuação da CPI com as ações do Governo de Goiás. Segundo ele, “se existe um responsável por essa insegurança jurídica gerada é o governador”, afirmou.  O parlamentar considerou, ainda, que a comissão está desenvolvendo um brilhante trabalho em prol do Estado.

O encontro contou também com a participação dos deputados Álvaro Guimarães (DEM), Amauri Ribeiro (Patriota), Amilton Filho (Solidariedade), Coronel Adailton (Progressistas), Chico KGL (DEM), Eduardo Prado (PV), Gustavo Sebba (PSDB), Jeferson Rodrigues (Republicanos), Paulo Cezar Martins (MDB) e Vinícius Cirqueira (Pros).

Compartilhe

Talles Barreto vai a Curitiba conhecer modelo de transporte público

Talles Barreto conhece a modernização das estações tubo em Curitiba

O deputado estadual Talles Barreto (PSDB) esteve em Curitiba para conhecer de perto e coletar informações sobre o transporte público da capital paranaense, considerado um dos mais eficientes do País e de qualidade. De acordo com ele, as ideias colhidas em Curitiba são de grande importância. “A Grande Curitiba é uma referência para o Brasil e para o mundo quando o assunto é mobilidade. Saímos daqui mais conscientes que nosso transporte em Goiânia precisa de uma revolução”, frisou.

Os deputados estaduais Alysson Lima (Republicanos) e Cairo Salim (PROS) acompanharam o parlamentar tucano durante as visitas e na oportunidade, se reuniram com o governador Darci Piana do Estado do Paraná, prefeito de Curitiba, Rafael Greca, e também estiveram na Assembleia Legislativa do Paraná com o presidente Ademar Traiano.

Segundo os parlamentares, o que eles viram na capital paranaense é um exemplo que precisa ser seguido nos outros Estados do Brasil “pois é possível construir um transporte público de qualidade em Goiânia. Basta o poder público querer”.

Compartilhe

Em defesa do segmento cultural, Talles Barreto questiona governo sobre preferência em pagamento de festival de audiovisual

Talles segue incisivo às ações impensadas do governo estadual

Atento às ações do governo, o líder da oposição deputado Talles Barreto (PSDB) utilizou a tribuna, para questionar o governo estadual sobre a preferência da gestão a respeito do pagamento da 19ª Goiânia Mostra Curtas, enquanto outras iniciativas culturais seguem sem previsão de repasse dos recursos. Na oportunidade, o parlamentar ressaltou que o festival em questão é fantástico e fomenta a cultura na capital mas indagou sobre os reais motivos desse pagamento em específico. Segundo Barreto esse é um Governo de preferências, de quem indica, de quem põe o dedo”, criticou.

De acordo com Talles para a realização da mostra audiovisual em questão, foi paga, uma quantia de R$ 200 mil. Na condição de presidente da comissão de educação, cultura e esporte da Assembleia Legislativa, Talles Barreto realizou diversas audiências públicas e reuniões para discutir com representantes do segmento o repasse de recursos, desvinculações na cultura e entre outros, contudo sem sucesso diante às ações de governo. Neste ano não foram realizadas edições de festivais tradicionais da cultura goiana a exemplo do Canto da Primavera, Tenpo de Porangatu e FICA – Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental da Cidade de Goiás.

Compartilhe